Search
Close this search box.

Evento Dia de Campo Amipa 2024 acontece em Patos de Minas (MG) e promete novidades para o setor da cotonicultura mineira

A expectativa é de que o evento reúna aproximadamente 600 participantes. Crédito: Nexer/Acervo Amipa

A Associação Mineira dos Produtores de Algodão (Amipa) está com inscrições abertas para participação no aguardado evento Dia de Campo, marcado para 4 de julho, na Fazenda Experimental Amipa, em Patos de Minas (MG). Este ano, o evento ganha um significado especial ao comemorar os 25 anos de história e dedicação da entidade à cotonicultura em Minas Gerais.

O Dia de Campo Amipa é reconhecido como um dos principais eventos do setor e reúne, produtores, especialistas, pesquisadores e representantes de toda a cadeia produtiva do algodão. Com uma programação diversificada e técnica, os participantes terão acesso a palestras, visitas guiadas às áreas de plantio de algodão (campos de experimentação de variedades) e exposições de equipamentos agrícolas, veículos, produtos e serviços.

“Neste ano especial, estamos entusiasmados em celebrar as conquistas da Amipa e o progresso contínuo da cotonicultura em Minas Gerais”, afirma Lício Augusto Pena de Sairre, Diretor Executivo da empresa. “Ao longo de 25 anos, a Associação tem sido uma voz líder e uma força motriz para o desenvolvimento sustentável do setor. Estamos ansiosos para compartilhar esse legado com todos os participantes do Dia de Campo.”

Perspectivas para a safra de algodão

A colheita da atual safra de algodão no Brasil começou com boas expectativas de produção e qualidade. Segundo dados da Associação Brasileira de Produtores de Algodão (Abrapa), até 13 de junho de 2024, 1,3% da área havia sido colhida, com mais de 80% das lavouras em maturação. A estimativa é de uma produção de 3,5 milhões de toneladas, representando um aumento de 12,2% em relação à safra anterior.

Durante o mês de maio de 2024, o Brasil registrou um aumento expressivo em suas exportações de algodão, com um volume total de 229,4 mil/t, gerando uma receita de US$ 488,5 milhões. Esses números representam um crescimento significativo de 280% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Além disso, o preço médio por tonelada vendida teve um incremento de 6,1% em relação a 2023. Este aumento nas exportações reflete a contínua demanda global pelo algodão brasileiro, consolidando sua posição como um dos principais players do mercado internacional.

Estima-se que Minas Gerais produza 65.570,44 mil/t de fibra de algodão nesta temporada. Foto: divulgação Amipa.

Em Minas Gerais, os números contabilizados pela Amipa, via núcleo de atuação Georreferenciamento e Dados, também trazem um cenário favorável. Com uma área plantada de 32.106 mil/ha, a produção total de fibra de algodão é projetada para 65.570,44 mil/t, com uma produtividade média esperada de 2.042,31 kg/ha. Destaca-se um aumento significativo de 24,21% na área plantada em comparação com a safra anterior.

Debates, palestras e networking

Em vista desse cenário, durante o Dia de Campo, a presença de renomados palestrantes, como Antônio Cabrera Mano Filho, ex-ministro da Agricultura, e Dr. Fábio Rafael Echer, professor e pesquisador na Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), oferece uma oportunidade ímpar para os participantes debaterem os dados e cenário atual da cotonicultura, e trocarem conhecimentos, experiências e informações de mercado e tecnologia.

Esses debates e palestras destacam-se como momentos para a disseminação de boas práticas, a compreensão das tendências do setor e o fortalecimento dos vínculos entre os profissionais do ramo. Além disso, o networking proporcionado pelo evento possibilita a construção de parcerias estratégicas e o desenvolvimento de soluções inovadoras, impulsionando ainda mais o progresso e a sustentabilidade do agronegócio do algodão em Minas e no Brasil.

Solidariedade

Os participantes do Dia de Campo terão a oportunidade de se envolver em uma iniciativa beneficente por meio da “Inscrição Solidária”. Esta proposta permite que os interessados contribuam com o Fundo Social Algobom, um projeto filantrópico da Amipa dedicado a apoiar iniciativas sociais e assistenciais em Minas Gerais. Todo o valor arrecadado será doado para a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e a Associação Anjos da Vida Huly Angel (AADV), entidades sociais e essenciais para a comunidade de Patos de Minas (MG). Essa iniciativa, que é realizada pelo segundo ano consecutivo, ressalta o compromisso da Amipa com a responsabilidade social, e fortalece o impacto positivo do evento, ampliando sua relevância além do âmbito técnico da cotonicultura. Os participantes têm a oportunidade de fazer a diferença na vida das pessoas atendidas por essas associações ao contribuírem com valores que variam de R$ 20,00 a R$ 500,00.

Parcerias

Em 2024 o Dia de Campo conta com o apoio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (MG), através do Programa Mineiro de Incentivo à Cultura do Algodão (Proalminas) e do Fundo de Desenvolvimento da Cotonicultura no Estado de Minas Gerais (Fundo Algominas), além do patrocínio das empresas: Agro CP, Autus Chevrolet, BASF, Bayer, Bio Controle, Comdeagro, Cooperpluma, Cotton Wrap, CR Energy, Ditrasa, Exclusiva Bio, Fibra Forte Algodoeira, FMC, IST Cotton, Kreta, Lallemand, Pivodrip, SLC Sementes, Superagro, Syngenta, Syngenta Biologicals, Tama, TMG e Uniparts.

Sobre a Amipa

A Associação Mineira dos Produtores de Algodão é uma entidade civil, sem fins econômicos, que se dedica há vinte e cinco anos à promoção e ao fortalecimento da cotonicultura sustentável em Minas Gerais e ao apoio aos seus produtores associados na evolução dos empreendimentos algodoeiros.

Sediada em unidade matriz em Patos de Minas (MG), a Associação responde por ações estratégicas que identificam e disseminam no estado as melhores tecnologias produtivas existentes. Seu objetivo maior é integrar seus associados em projetos e programas para viabilizar a melhoria constante da qualidade e da competitividade do algodão mineiro no Brasil e exterior.

Unidades Amipa:

Filial 1: Central de Classificação de Fibra de Algodão (Minas Cotton)
Filial 2: Fábrica de Produtos Biológicos (Biofábrica)

Confira abaixo a programação do Dia de Campo Amipa 2024 no dia 4 de julho:

07h às 08h: café da manhã e credenciamento
08h às 09h: formação de grupos e visita guiada às estações de campo
09h às 10h30: visita aos estandes e à Praça Relacionamento Agro
10h30: Palestra “O futuro e as perspectivas do agronegócio brasileiro”
Antônio Cabrera Mano Filho, ex-ministro da Agricultura
11h30: almoço
14h às 15h: Palestra “Indicadores de produção em lavouras de altas produtividades e influência de estresses abióticos na cultura do algodão”
Dr. Fábio Rafael Echer; professor e pesquisador na Universidade do Oeste Paulista (Unoeste)
15h às 16h: mesa redonda sob mediação do Grupo de Estudos do Algodão Mineiro (GEAM)
16h: coffee break e encerramento

Inscrições on-line até dia 1º de julho. Acesso pelo link: https://amipaeventos.com/

Prelo Comunicação
Assessoria de Imprensa da Associação Mineira dos Produtores de Algodão (Amipa)
Contato: redacao@prelocomunicacao.com.br
Assessores de Imprensa: Emília Calábria (34) 99262-6295 | Ana Carolina Amorim (34) 98721-1452 | Bárbara Sábio (34) 99677-7126 | Orlei Moreira (34) 99992-6423

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Matriz: Rua Major Gote, 585 – 5º andar, salas 501/502 | Patos de Minas (MG) | CEP 38700-107
Filial 1: Central de Classificação de Fibra de Algodão (Minas Cotton) – Rua Francisco Cândido Xavier, 50 | Uberlândia (MG) | CEP 38405-352 | Tel.: +55 (34) 2589-8900
Filial 2: Fábrica de Produtos Biológicos (Biofábrica) – Rua Francisco Cândido Xavier, 50 – 1º andar | Uberlândia (MG) | CEP 38405-352 | Tel.: +55 (34) 2589-8900

© 2023 – Associação Mineira dos Produtores de Algodão (AMIPA) – Todos os direitos reservados.