Search
Close this search box.

Associações globais se unem com o objetivo de fortalecer a indústria de algodão

A Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (ANEA), juntamente com a Associação Americana de Exportadores de Algodão (ACSA) e com a Associação Australiana de Exportadores de Algodão (ACSA), acaba de assinar um acordo histórico. O documento visa contribuições positivas para toda a cadeia produtiva e de abastecimento da fibra e o seu desenvolvimento econômico global.

O acordo foi assinado na Convenção Anual da American Cotton Shippers Association, em Scottsdale, no Arizona, em 14 de junho. Por meio dele, as entidades participantes têm o propósito de garantir principalmente a sustentabilidade econômica e social de longo prazo da indústria da cotonicultura dos países envolvidos, com uma abordagem colaborativa em importantes temas globais. Assim, elas pretendem intensificar o diálogo para identificar questões de interesse comum, fortalecer as relações e gerar oportunidades para a troca informações.

Na ocasião, o presidente da Associação Nacional dos Exportadores Algodão (ANEA), Miguel Faus, afirmou estar entusiasmado com o compromisso firmado. “Estamos contentes com esse acordo, que visa promover o algodão e conscientizar os países compradores sobre os impactos positivos da produção e do consumo da fibra nos mercados globais”, destacou.

Ao assinar o acordo, o presidente e CEO da Associação Americana dos Exportadores de Algodão, Buddy Allen, destacou que as associações envolvidas representam os competidores mais vorazes deste mercado, mas que também produzem o algodão com a melhor qualidade do mundo. “Nos unimos para que o algodão continue a ser a fibra universal preferida”, afirmou.

Tony Geitz, presidente da Associação Australiana dos Exportadores de Algodão, acrescentou que, por meio do acordo, as maiores indústrias algodoeiras acolhem com satisfação a oportunidade de trabalhar como uma só. “Nosso objetivo é liderar discussões sobre a elaboração de estratégias para garantir que a demanda por algodão continue em alta”, disse. 

Sustentabilidade, saúde e conforto 

Os impactos ambientais causados pela indústria têxtil dependem do tipo de fibra produzida. Ao contrário das fibras sintéticas, por ser natural, o algodão oferece benefícios incomparáveis quando se fala em meio ambiente e saúde, representando uma escolha sustentável e consciente. Os benefícios do algodão, incluindo a sua sustentabilidade ambiental, vantagens para a saúde, conforto, versatilidade e impacto econômico, fazem desta fibra natural uma opção superior em comparação com as fibras sintéticas. As Associações envolvidas esperam que os seus esforços conjuntos tenham um impacto positivo na conscientização global sobre o uso da fibra.

Fonte: Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea)

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Matriz: Rua Major Gote, 585 – 5º andar, salas 501/502 | Patos de Minas (MG) | CEP 38700-107
Filial 1: Central de Classificação de Fibra de Algodão (Minas Cotton) – Rua Francisco Cândido Xavier, 50 | Uberlândia (MG) | CEP 38405-352 | Tel.: +55 (34) 2589-8900
Filial 2: Fábrica de Produtos Biológicos (Biofábrica) – Rua Francisco Cândido Xavier, 50 – 1º andar | Uberlândia (MG) | CEP 38405-352 | Tel.: +55 (34) 2589-8900

© 2023 – Associação Mineira dos Produtores de Algodão (AMIPA) – Todos os direitos reservados.