Search
Close this search box.

Amipa inicia ações de Verificação para Diagnóstico da Unidade de Beneficiamento de Algodão na safra 2022/2023

A Associação Mineira dos Produtores de Algodão (Amipa) iniciou as ações de Verificação para Diagnóstico da Unidade de Beneficiamento de Algodão (VDB) na safra 2022/2023 com a expectativa de atender seis unidades de beneficiamento (algodoeiras) associadas e localizadas nas regiões do Norte de Minas, Noroeste e Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba.

A VDB é a etapa inicial para alcançar a certificação no programa Algodão Brasileiro Responsável para Unidade de Beneficiamento de Algodão (ABR-UBA), criado pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), com o apoio de suas afiliadas estaduais, entre elas a Amipa, cujo o objetivo é incrementar, de forma progressiva, boas práticas socioambientais nas algodoeiras.

Uma consultoria contratada pela Amipa é responsável por realizar o diagnóstico situacional quanto à conformidade das algodoeiras em relação aos critérios previstos no programa e, a partir desse trabalho, elaborar o Plano de Correção das Não Conformidades (PCNC) que é apresentado e discutido com os gestores de cada empreendimento.

Frente à execução do PCNC e da decisão do produtor quanto à adesão e à certificação nessa safra, serão realizadas as auditorias de Verificação para Certificação da Unidade de Beneficiamento de Algodão (VCB) – previstas para acontecer nos meses de outubro e novembro.

Sobre o programa ABR-UBA:

O ABR-UBA é uma evolução do programa ABR/BCI, sendo o primeiro direcionado às unidades de beneficiamento e o segundo às fazendas. Baseado no conceito da sustentabilidade, em seus pilares ambiental, social e econômico, o ABR-UBA estabelece parâmetros a serem cumpridos e auditados para a certificação das algodoeiras.

Entre os seus princípios fundamentais de produção e do beneficiamento sustentável do algodão a serem avaliados estão contrato de trabalho; proibição do trabalho infantil; proibição de trabalho análogo ao escravo ou em condições degradantes ou indignas; liberdade de associação sindical; proibição de discriminação de pessoas; segurança, meio ambiente, segurança do trabalho e saúde ocupacional; desempenho ambiental e boas práticas.

Dê o play e saiba mais:

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Matriz: Rua Major Gote, 585 – 5º andar, salas 501/502 | Patos de Minas (MG) | CEP 38700-107
Filial 1: Central de Classificação de Fibra de Algodão (Minas Cotton) – Rua Francisco Cândido Xavier, 50 | Uberlândia (MG) | CEP 38405-352 | Tel.: +55 (34) 2589-8900
Filial 2: Fábrica de Produtos Biológicos (Biofábrica) – Rua Francisco Cândido Xavier, 50 – 1º andar | Uberlândia (MG) | CEP 38405-352 | Tel.: +55 (34) 2589-8900

© 2023 – Associação Mineira dos Produtores de Algodão (AMIPA) – Todos os direitos reservados.