noticias/21306-
AMIPA - Notícias > Algodão: Produção deve crescer 15,5% no Brasil em 2021/22, estima Safras

Notificação

Coloque aqui a descrição do alerta pelo parametro 'desc'!
Fechar

22 anos

UMA ASSOCIAÇÃO DE FIBRA

Beneficiamento

BANCO TÉCNICO

Clique na imagem para ver detalhes.

Notícias

07/10/2021

Algodão: Produção deve crescer 15,5% no Brasil em 2021/22, estima Safras

Algodão: Produção deve crescer 15,5% no Brasil em 2021/22, estima Safras

A produção brasileira de algodão em pluma em 2021/22 deverá crescer 15,5% na comparação com o ano anterior, passando de 2,38 milhões para 2,75 milhões de toneladas. A estimativa é de SAFRAS & Mercado.

 

A área deverá ocupar 1,535 milhão de hectares, aumentando 11,8% sobre o plantio de 1,373 milhão do ano passado. A produtividade deverá subir 3,35%, aumentando de 1.734 quilos para 1.792 quilos por hectare.

 

“O recente rally de alta das cotações do algodão fez com que os produtores aumentassem suas apostas no cultivo da cultura. Na primeira intenção de plantio, realizada no final do último mês de julho, os números mostravam um recuo da área pelo segundo ano consecutivo, diante da forte concorrência dos grãos, cuja margem de rentabilidade era mais atrativa”, explica o analista e consultor de SAFRAS, Élcio Bento.

 

Contudo, da primeira intenção de plantio até esse início do mês de outubro os preços da pluma se elevaram em mais de 20%. “Essa escalada das cotações nacionais foi sustentada pela recuperação dos preços internacionais e pela alta do dólar, que melhoram a competitividade do produto brasileiro numa temporada em que a produção é cerca de 650 mil toneladas inferior à da safra passada”, acrescenta Bento.

 

Tomando como base o Mato Grosso, em julho a rentabilidade do algodão (pluma + caroço) era de 32%, a da soja de 42% e a do milho de 52%. Atualmente, esses números são de 57%, 42% e 39%, respectivamente. “Com os Estados Unidos, maior exportador global, também com redução da oferta, a demanda externa pela pluma brasileira deve ser agressiva, o que garantirá bons preços, tanto para a safra atual quanto para a negociação antecipada da nova”, diz. 

 

Essa elevação tão expressiva das cotações, em pleno ingresso da fibra beneficiada no mercado disponível, deu novo ânimo aos produtores. Além disso, ao contrário do ano passado, o plantio da soja deve ocorrer sem atrasos, o que tende a permitir que a segunda safra de algodão também ocorra dentro da janela ótima.

Voltar para a lista

Querido usuário: Atualize seu navegador

Identificamos que seu navegador está desatualizado e não consegue exibir complementamente este site, atualize-o.

Atualizar seu navegador

Infelizmente não existem versões mais recentes do seu navegador disponivél para seu sistema operacional(Windows XP ou inferior), com base nisto disponibilizamos abaixo o Google Chrome Frame, um complemento para seu navegaor que habilita a compatibilidade do site.

Clique ao lado para instalar o Google Chrome Frame e habilitar a compatibilidade do nosso site no seu navegador, após a instalação reinicie seu navegador.

Atualizar seu navegador

Seu navegador possui uma versão mais recente, atualize-o para poder acessar este site.

Identificamos que voce está utilizando um versão desatualizada do seu navegador, clique ao lado para atualizar para sua versão mais recente.

Atualizar seu navegador

Seu navegador possui uma versão mais recente, atualize-o para poder acessar este site.

Identificamos que voce está utilizando um versão desatualizada do Internet Explorer, clique ao lado para atualizar para o Internet Explorer 8.

Instalar um novo navegador

É altamente recomendavel que instale um novo navegador, os indicados abaixo foram testados e indicados por orgãos responsavéis.

Motivo para atualização ou instalação de um novo navegador

Nosso site usa e abusa das novas tecnologias da web para ofereçer segurança, estabilidade e rapidez para a sua navegação, seu navegador esta desatualizado e não oferece compatibilidade para tais tecnologias, além deste site, ele pode estar influenciando toda sua navegação na internet negativamente, entenda mais motivos clicando aqui.