destaques/12752-
AMIPA - Destaques > Na safra 2018/19, Minas Cotton supera o recorde de 2011 em análises do algodão

Notificação

Coloque aqui a descrição do alerta pelo parametro 'desc'!
Fechar

20 anos

UMA ASSOCIAÇÃO DE FIBRA

Beneficiamento

BANCO TÉCNICO

Clique na imagem para ver detalhes.

Destaques

05/02/2020

Na safra 2018/19, Minas Cotton supera o recorde de 2011 em análises do algodão

Iniciado em abril de 2019, o processamento técnico deve registrar nova marca histórica, superando meio milhão de amostras de algodão analisadas
Na safra 2018/19, Minas Cotton supera o recorde de 2011 em análises do algodão

A Central de Classificação de Fibra de Algodão - Minas Cotton, unidade tecnológica filial da Associação Mineira dos Produtores de Algodão (Amipa), registrou novo recorde no número de amostras de algodão analisadas na safra 2018/19: cerca de 70% maior do que o marco anterior, obtido na safra 2010/11, com cerca de 290 mil amostras. O processamento técnico no laboratório, iniciado em abril de 2019, deve ser concluído em fevereiro, superando o patamar de mais de 500 mil amostras analisadas.

 

O atual volume resulta, de um lado, do forte crescimento da cotonicultura estadual e nacional em relação às últimas temporadas, somado a uma média de preços favorável praticada na comercialização no decorrer de 2019, com grande parte da produção negociada previamente pelos produtores. De outro, segundo estimativa, tem origem na elevada demanda regional de Minas Gerais (+72%) e na demanda de parcerias consolidadas com outros Estados, como o de São Paulo (+24%), com instituições ligadas a pesquisa (+3%) e com clientes do país e exterior (+1%) para a execução de análises do algodão.

 

De acordo com o gerente do laboratório, Anicézio Resende, a qualidade das fibras produzidas na safra 2018/19, como também a mineira, superou o ciclo 2017/18. Entre os principais fatores, contribuíram: a baixa incidência à noite de intervalos frios com temperaturas abaixo de 19 graus; a melhor distribuição das chuvas na fase crítica da formação das fibras; o bom manejo promovido no campo, quanto a variedades adequadas, ao espaçamento plantado entre linhas e à quantidade de sementes entre ramos produtivos, facilitando a colheita e garantindo produtividade e qualidade da fibra.

 

“As características intrínsecas relativas à qualidade de fibra que se destacaram nesta safra foram a de comprimento de fibra (UHML) e do índice de micronaire (Mic). Esses resultados impactam de forma positiva a venda do algodão, pois há tradings que pagam ágio segundo os critérios de melhor comprimento, micronaire médio e boa resistência das fibras”, afirma Resende, explicando que são características que melhoram tanto a qualidade dos fios e tecidos produzidos como a sua utilização em etapas de acabamento e tingimento.

 

Para atender a todo esse volume de processamento de análises, o gerente relata que a Minas Cotton investiu mais de 1,5 milhão de reais na importação dos Estados Unidos de um terceiro equipamento HVI (High Volume Instrument), em parceria com o Instituto Brasileiro do Algodão (IBA). Também dobrou a contratação de colaboradores terceirizados, de forma a garantir a análise de 3 mil amostras/dia e considerando picos já registrados de 90 mil análises mensais em períodos de maior recebimento de amostras.

 

Minas Cotton

 

A filial tecnológica da Amipa surgiu em atendimento à Lei 14.559/2002, que instituiu o Programa Mineiro de Inventivo à Cultura do Algodão (Proalminas) e o Fundo de Desenvolvimento da Cotonicultura no Estado de Minas Gerais (Algominas), com o objetivo de promover o desenvolvimento e a sustentabilidade da cadeia produtiva do algodão.

 

A criação da Minas Cotton, reconhecida como um dos laboratórios mundiais de maior precisão na análise de fibra do algodão, também resultou do Convênio de Cooperação Técnica de Certificação de Origem do Algodão 1.1975, firmado entre o governo de Minas Gerais, por intermédio do Proalminas, Amipa e prefeitura municipal de Uberlândia.

 

 

Por:      Assessoria de Imprensa | Lorene Souza (Jornalista, 17007)

            Patos de Minas | 05/02/2020

 

Fotos: acervo Amipa

 

Foto 1- Laboratório da Amipa atinge novo recorde: mais de 500 mil amostras analisadas (safra 2018/2019)

 

Foto 2- Aumento no volume de análises se deve a melhores preços e ao crescimento da cotonicultura de Minas e do Brasil, em 2019

 

Fonte: Amipa

Voltar para a lista

Querido usuário: Atualize seu navegador

Identificamos que seu navegador está desatualizado e não consegue exibir complementamente este site, atualize-o.

Atualizar seu navegador

Infelizmente não existem versões mais recentes do seu navegador disponivél para seu sistema operacional(Windows XP ou inferior), com base nisto disponibilizamos abaixo o Google Chrome Frame, um complemento para seu navegaor que habilita a compatibilidade do site.

Clique ao lado para instalar o Google Chrome Frame e habilitar a compatibilidade do nosso site no seu navegador, após a instalação reinicie seu navegador.

Atualizar seu navegador

Seu navegador possui uma versão mais recente, atualize-o para poder acessar este site.

Identificamos que voce está utilizando um versão desatualizada do seu navegador, clique ao lado para atualizar para sua versão mais recente.

Atualizar seu navegador

Seu navegador possui uma versão mais recente, atualize-o para poder acessar este site.

Identificamos que voce está utilizando um versão desatualizada do Internet Explorer, clique ao lado para atualizar para o Internet Explorer 8.

Instalar um novo navegador

É altamente recomendavel que instale um novo navegador, os indicados abaixo foram testados e indicados por orgãos responsavéis.

Motivo para atualização ou instalação de um novo navegador

Nosso site usa e abusa das novas tecnologias da web para ofereçer segurança, estabilidade e rapidez para a sua navegação, seu navegador esta desatualizado e não oferece compatibilidade para tais tecnologias, além deste site, ele pode estar influenciando toda sua navegação na internet negativamente, entenda mais motivos clicando aqui.